Moderadores e Oradores

Moderadores e Oradores2018-05-22T15:13:35+00:00

FilipAlmeida é atualmente Presidente da Estrutura de Missão Portugal Inovação Social, a entidade que assegura a coordenação e a gestão da iniciativa pública Portugal Inovação Social, criada com o objetivo de promover a inovação social e desenvolver o mercado de investimento social em Portugal. É docente da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC) desde 1996 e investigador do Centro de Estudos Sociais (CES/FEUC) e do Centro de Estudos Cooperativos e da Economia Social (CECES/FEUC). Tem doutoramento em Administração pela EBAPE/FGV (Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, Brasil) e doutoramento em Gestão de Empresas pela FEUC. É também mestre em Ciências Empresariais pela FEUC, tendo frequentado o programa de MBA na Virginia Polytechnic Institute and State University (EUA). É autor e co-autor de artigos e de livros nos campos da ética e do comportamento humano, entre os quais se destacam os livros “Ética, Valores Humanos e Responsabilidade Social das Empresas” (Princípia, 2010), “A Fraude Académica no Ensino Superior em Portugal. Um estudo sobre a ética dos alunos portugueses” (IUC, 2015), “Organizações, Pessoas e Novas Tecnologias” (Quarteto Editora, 2002) e “Introdução à Gestão de Organizações” (Escolar Editora, 2016).

Eduarda Saraiva

Atualmente é Chefe de Divisão da Unidade de Coordenação e Gestão de Parcerias no Instituto Nacional para a Reabilitação, na qual é responsável pelo Programa de Financiamento a Projetos e do Apoio Financeiro ao Funcionamento das ONGPD, bem como do Balcão da Inclusão.

Tem uma experiência profissional anterior na área financeira, na gestão e coordenação orçamental, de estudos da segurança social, da pobreza e do emprego, onde assumiu diversas responsabilidades como a coordenação de diversos projetos, participou em variados grupos de trabalho ministeriais e interministeriais e participou na elaboração de várias publicações como coautora e outros trabalhos técnicos.


Fernando Amaro, Licenciado em Gestão pelo ISLA, a trabalhar desde 2000 na Caixa Económica Montepio Geral, é atualmente Diretor da Direção da Economia Social e Setor Público Administrativo, com responsabilidade na gestão das áreas de Economia Social, Setor Público, Empreendedorismo/ Inovação Social e Microcrédito. Durante o seu percurso na Caixa Económica Montepio Geral foi Diretor da Direção de Marketing e Diretor da Direção de Marketing de Empresas.

Cláudia Pedra

Sócia Fundadora e Managing Partner da Stone Soup Consulting. Licenciou-se em Relações Internacionais no ISCSP (Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas). Tem um mestrado em Estratégia, uma formação em Relacionamento Interpessoal e Trabalho de Equipa e um curso de Gestão de Projetos de Ajuda Humanitária. Cláudia Pedra tem 23 anos de experiência na área dos direitos humanos, e mais de 15 anos em gestão estratégica. As suas áreas de especialidade na Stone Soup são avaliação de impacto social, avaliação de projetos e programas, planeamento estratégico, modelos e planos de negócio social, estratégias de scaling up e sustentabilidade financeira.

Ana Garcia é Presidente da Direção da Accessible Portugal, é Mestre em Acessibilidade Universal e Desenho para Todos e licenciada em Organização e Gestão de Empresas. Desde 2008 que desenvolve a marca Accessible Portugal, na operação e agenciamento turísticos, especialmente dedicados ao público com necessidades especiais. Enquanto consultora e formadora tem vindo a impulsionar a acessibilidade, qualificando a oferta turística acessível. É autora de diversos artigos científicos e foram-lhe atribuídos diversos prémios de reconhecimento pelo trabalho efetuado. É membro da Direção da ENAT (European Network for Accessible Tourism) sendo a representante legal desta organização em Portugal.

Francisco Palmares é Gestor de Projeto na Fundação Calouste Gulbenkian desde 2013. Licenciado em Economia pela Nova School of Business and Economics tem também um mestrado em Gestão pela mesma faculdade. Desde que integrou o Programa Gulbenkian Desenvolvimento Humano (agora Programa Gulbenkian Coesão e Integração Social) que acompanha a agenda de inovação e investimento social da Fundação, incluindo o desenvolvimento da MAZE (ex-Laboratório de Investimento Social), a criação do Grupo de Trabalho Português para o Investimento Social e o investimento da Fundação Calouste Gulbenkian nos títulos de impacto social.

Helena Gata trabalha para o setor da Economia Social desde 1997 e acumula 5 experiências profissionais de longa duração fora de Portugal – (França, Inglaterra, Holanda, Mozambique e Guiné-Bissau). Estudou Sociologia na Universidade do Porto, tem um mestrado em Cooperação e Desenvolvimento Internacional do ISEG, fez o curso de Empreendedorismo Social (ISEP) do INSEAD em Singapura e frequenta atualmente o Doutoramento em Sociologia Económica e das Organizações no ISEG aprofundando conhecimentos na área do Emprego, Trabalhadores Pobres, Desigualdades Sociais e Políticas Públicas. Criou e implementou projetos sociais em Portugal e nos PALOP. Ocasionalmente, dá formação e aulas nalgumas universidades, participa como oradora em conferências sobre Inovação e Economia Social, Emprego e Empregabilidade e Cooperação para o Desenvolvimento. Escreve artigos sobre estas temáticas e coordenou e participou em três estudos nacionais. Atualmente é Presidente da ESLIDER – Rede Nacional de Empreendedores Sociais e Líderes da Sociedade Civil, uma associação que tem por foco a criação de valor partilhado entre os seus membros e outros agentes da sociedade civil e Diretora Geral da REDE DLBC Lisboa, uma associação que visa criar resposta na área do Emprego, Empreendedorismo, Educação e Inclusão Social através de um modelo inovador de cogovernação de territórios de intervenção prioritária da cidade de Lisboa.
Linkedin: https://www.linkedin.com/in/helena-quoniam-gata-21818b6/

Mário Parra da Silva 

Consultor em Processos de Mudança, Estratégia Comercial, Bem-Estar Organizacional e Desenvolvimento Sustentável.

Fundador da APEE – Associação Portuguesa de Ética Empresarial, da qual foi Presidente da Direção entre 2002 e 2016.

Chefe da Delegação Portuguesa no Grupo de Trabalho ISO 26000 Responsabilidade Social.

Chairman da rede europeia Prepare (Desenvolvimento Sustentável) entre 2006/2009.

Fundador e Presidente da Direção do Corporate Wellness International Institute – Associação para o Bem-Estar Organizacional, Saúde Ocupacional e Responsabilidade Social Interna.

Membro do Conselho de Ética e dos Corpos Gerentes da CCP – Confederação do Comércio e Serviços de Portugal.

Membro do Conselho de Ética da CERTIF até novembro de 2017.

Membro da Comissão de Responsabilidade Corporativa & Anticorrupção da ICC Portugal.

Chair of the Board da Global Compact Network Portugal.

Presidente da Aliança ODS Portugal.

Ricardo Caldeira é licenciado em Sociologia pelo ISCTE, iniciando a sua actividade profissional em 2000 numa organização privada sem fins lucrativos.

Desde 2002 que exerce actividade profissional na Câmara Municipal de Cascais e desde 2008 à data como Chefe de Divisão de Promoção da Saúde.

Graça Rebocho

Habilitações Literárias

Licenciatura em Economia, pelo Instituto Superior de Economia; Mestrado em Gestão de Recursos Humano, pelo ISCTE

Experiência Profissional

  • Cargo atual : Diretora da Fundação PT, desde 2012

Vertentes: Cidadania Empresarial e Inclusão e Desenvolvimento de Soluções, com foco em áreas prioritárias de atuação como a Educação, a Cultura, o Empreendedorismo e a Intervenção Social

  • Docente na Universidade Europeia, desde 2015
  • Funções anteriores:

19 anos na Direção de RH, tendo exercido a funções de Direção em diversas empresas do Grupo PT; Quadro superior na Direção de Planeamento da Rodoviária Nacional;

Docente na Universidade Lusíada e formadora no ISPA

Manuel Sousa Antunes

Ver Nota Curricular 

Francisco Caneira Madelino, Presidente da Fundação INATEL, economista, Docente ISCTE- Instituto Universitário de Lisboa.

Exerce funções como Presidente do Instituto de Políticas Públicas e Sociais (IPPS-ISCTE), Presidente da Assembleia Intermunicipal da Lezíria do Tejo, Presidente da Assembleia Municipal de Salvaterra de Magos e Presidente do Conselho Geral do Instituto Politécnico de Santarém.

Assumiu entre 2005 e 2011 o cargo de Presidente do Instituto do Emprego e da Formação Profissional.

Tem desenvolvido atividade como Investigador e consultor, com vários trabalhos realizados e publicados, nas áreas do emprego, da formação profissional, da macroeconomia, da economia setorial, da economia social e da economia local, da segurança social e da administração pública.

Tem pertencido a várias instituições com funções importantes nas áreas do emprego e da formação profissional, quer nacionais, quer europeias, das quais se destaca o Comité de Emprego da União Europeia, o Comité Social da União Europeia, a European Training Foundation, a rede europeia de Presidentes de Serviços Públicos de Emprego, a Agência Nacional para as Qualificações, as comissões de acompanhamento de vários programas nacionais suportados pelo Fundo Social Europeu, o Observatório do Emprego e da Formação Profissional, o Conselho de Gestão do Fundo de Garantia Salaria, a Comissão Nacional de Certificação Profissional, a administração do Centro de Formação da OIT de Turim, o Conselho Nacional de Educação, o Conselho Consultivo da Segurança Social, o Instituto de Gestão do Fundo Social Europeu ou ainda grupos especializados do Conselho Económico-Social.

Francisco Ferreira é professor no Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCT-NOVA) e investigador do CENSE (Centro de Investigação em Ambiente e Sustentabilidade). É licenciado em Engenharia do Ambiente pela FCT-NOVA, mestre por Virginia Tech nos EUA e doutorado pela Universidade Nova de Lisboa. Tem um vasto conjunto de publicações nas áreas da qualidade do ar, alterações climáticas e desenvolvimento sustentável. Foi Presidente da Quercus de 1996 a 2001 e Vice-Presidente entre 2007 e 2011. Actualmente é o Presidente da “ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável”, uma organização não-governamental de ambiente com actividade nacional.

Luis Madureira Pires, licenciado em Ciências Económicas pela Universidade Livre de Bruxelas (Bélgica), integrou a partir de 1979 a equipa de negociações de adesão de Portugal à Comunidade Europeia. Entre 1986 e 1995 desempenha os cargos de Subdiretor e Diretor Geral do Desenvolvimento Regional, sendo responsável pela gestão do FEDER e do Fundo de Coesão e pela coordenação da aplicação dos fundos estruturais comunitários em Portugal.

No início de 1995 opta pelo sector privado, desenvolvendo desde então atividade de consultoria na área do planeamento e desenvolvimento regionais e dos fundos estruturais da UE, tanto em Portugal como em oito países da Europa de Leste. Foi consultor da Administração portuguesa, da Comissão Europeia, do Banco Mundial e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Desde 2013 geriu na Fundação Calouste Gulbenkian o Programa Cidadania Ativa, financiado pelos EEA Grants, estando atualmente a preparar o lançamento do novo Programa Cidadãos Ativ@s 2018-24, também dirigido ao fortalecimento da Sociedade Civil.

Manuela Ralha, foi Professora, diretora coral e membro do executivo da Junta de Freguesia de Vila Franca de Xira durante 2 mandatos. Em 2004 sofreu um acidente de viação do qual resultou uma tetrapelgia incompleta.

Ativista pelos direitos das pessoas com deficiência, foi co-fundadora do movimento (d)Eficientes Indignados e é membro da sua comissão coordenadora, da Mithós-Histórias Exemplares, associação de apoio à multideficiência, cuja direção preside e do Centro de Vida Independente, onde é presidente do Conselho Fiscal.

É mãe e avó.

Atualmente exerce a função de vereadora da Cultura e do pelouro da Deficiência e Inclusão na Câmara Municipal de Vila Franca de Xira.

Ana Sepúlveda, é consultora estratégica com mais de 17 anos de experiência em marketing e estudos de mercado, é atualmente CEO da 40+Lab.

Licenciada em sociologia pela Universidade Nova de Lisboa e mestrado em Estudos Culturais Norte-Americanos, pela Universidade Aberta, master em inovação e coolhunting.

Especialista em longevidade e Silver Economy, membro do Covenant on Demographic Change.

Livros publicados:

2000 – Marketing Político na Internet, Editora Centro Atlântico.

2011 – Marketing para os 45+. Um mercado em expansão. Co-autor: Luis Rasquilha. Editora Actual.

Paulo Gomes, licenciado em Gestão pela UAL, com PAGE em Marketing pela Universidade Católica, curso de design gráfico pela ETIC e a terminar Mestrado em Ciências Empresariais no ISEG. 33 anos de experiência profissional tendo assumido funções em empresas de distintas áreas de atividade incluindo, automóvel, banca e cultura. É diretor geral da Blue Line, Estratégias de Comunicação e Marketing e da Emerging Objects (3D Factory).

O seu daltonismo levou-o a aprofundar as questões da acessibilidade na comunicação, que dominam hoje a envolvente das duas empresas, e que se refletem nas estratégias e serviços apresentados ao mercado incluindo sinalética, sites acessíveis, modelos táteis, escrita simples, entre outras.

Mariana Mira Delgado

Depois de alguns anos de trabalho no terreno estou, desde 2011 no Movimento de Defesa da Vida, no Departamento de Gestão e Angariação de Fundos sendo, actualmente, Directora Financeira, responsável também pelas áreas ligadas à Comunicação e Angariação de Fundos. Licenciada em Serviço Social pela Universidade Católica Portuguesa, tendo depois feito várias formações e uma pós-graduação que especializaram nas áreas nas quais trabalho actualmente. Estou ligada desde cedo à área social através do voluntariado e tenho a sorte de trabalhar numa instituição que trabalha os valores nos quais mais acredito: o da importância da unidade familiar e o acreditar nas competências e capacidades de cada pessoa com a qual se envolve.

Skip to content